•  sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Jundiaí recebe 1ª Festa Literária com programação gratuita

A primeira edição da Festa Literária de Jundiaí (FLIJ) começa nesta sexta-feira (8), às 18h. As atividades são realizadas até o dia 15 de novembro em vários locais da cidade, como o Sexta no Centro, Parque da Uva, Museu Histórico e Cultural, Biblioteca, entre outros.

O evento visa o incentivo à leitura por meio de oficinas, apresentações e exposições gratuitas. A primeira edição da festa tem como curadora Rosana Congílio e fará homenagem às escritoras Júlian Heimman e Mariazinha Congílio.

A abertura da FLIJ será realizada no Sexta no Centro, que fica na Praça Marechal Floriano Peixoto. Já no sábado (9), o evento está incluído na programação do JundComics, no Parque da Uva.

Além da venda de livros nos Espaços Literários das 9h às 19h, às 14h será realizada a palestra “A importância da ilustração na literatura infantil e juvenil”, com o quadrinista e ilustrador Marco Antônio Cortez.

Já no domingo (10), também às 14h, os visitantes poderão participar da palestra “Quadrinhos e Literatura Fantástica”, com o quadrinista e escritor Tiago Zanetic.

Biblioteca

Na segunda-feira (11), às 18h30, a quarta aula do minicurso “Harry Potter – Ficção e História” da Biblioteca Municipal “Professor Nelson Foot” também faz parte da programação da FLIJ.

O encontro, aberto aos primeiros 40 interessados que chegarem, será ministrado pelo historiador Victor Menezes e irá tratar do livro “O Enigma do Príncipe”.

Já na quinta-feira (14), às 19h, será realizado o lançamento do livro “Descobrindo um mundo diferente”, da autora Valdinéia Nascimento, que conta a história de uma criança que estuda com um colega surdocego e, a partir da amizade, descobre novas experiências para o conhecimento.

Solar do Barão

Também entre os dias 11 e 15, com programações gratuitas à tarde, a partir das 14h30, e à noite, a partir das 19h, o Solar do Barão recebe atividades da FLIJ, como rodas de conversa, contação de histórias, sarau literário e oficinas.

A programação no museu encerra-se na sexta-feira (15), às 11h, com um show de “sururu music”, estilo musical alagoano, também como parte da exposição “Alagoas: linguagens, artes e cores”. Às 14h, uma reunião dos artistas convidados encerra a festa.

A programação completa da 1ª FLIJ pode ser consultada no site da Cultura.

Ler Anterior

Alertas de desmatamento na Amazônia crescem 5,42% em outubro de 2019

Ler Próxima

Laudo aponta que grávida de 44 anos morreu por febre maculosa em Jundiaí