•  terça-feira, 20 de outubro de 2020

Domingo dia 18 tem contação de história no canal do youtube do Sesc Jundiaí

‘Galinha Ruiva’ é o relato desta semana no podcast Histórias para Ouvir

Na manhã deste domingo, dia 18, às 11h, a atriz Sueli Patelli e o músico Rodrigo Moraes vão contar uma clássica história da tradição oral: A Galinha Ruiva. Basta reunir a família e sintonizar na temporada ‘Histórias para Ouvir’, no podcast do Sesc Jundiaí no Youtube (com legendas opcionais).

Na trama, a Galinha Ruiva encontra um punhado de milho, perfeito para fazer um delicioso pão. Mas antes, ela precisa plantar, colher, descascar e debulhar o milho, só depois pode fazer o pão. Ela pede ajuda aos animais que moram na fazenda. O porco, o gato, o cachorro, o peru e o pato inventam uma desculpa e dizem não. A Galinha Ruiva fica muito triste, mas com uma ajuda especial consegue preparar tudo. Quando o pão fica pronto, todos querem um pedaço. Será que a Galinha divide o pão com todo mundo?

 

A tradição de contar histórias atravessa os tempos, conquista gerações e se adequa às circunstâncias. Neste momento, as mídias digitais são ferramentas fundamentais para transpor barreiras e conectar todos os públicos com a arte, mesmo dentro de suas casas.

 

A temporada de ‘Histórias para Ouvir’ traz artistas jundiaienses que toparam o desafio de transpor suas contações para o formato de podcast.

 

Serviço

Histórias para Ouvir

Episódios: de 11 a 25/10 (domingos), às 11h

Onde assistir: youtube.com/sescjundiaitv

 

 

 

 

+ SESC NA QUARENTENA

Desde o final de agosto, cinco meses após a suspensão majoritária do atendimento presencial nas unidades, o Sesc São Paulo anunciou uma parcial e gradativa retomada, com um número restrito de atividades, dirigidas aos alunos que já eram inscritos nos cursos de Ginástica Multifuncional,  Práticas Corporais e Corrida,  além de pacientes das Clínicas Odontológicas cujos tratamentos foram interrompidos pela pandemia. Todas essas atividades serão previamente agendadas, visando restringir a circulação de público no interior das unidades.

Todas as 40 unidades do estado darão início a essa retomada gradual  à medida que os municípios em que estão instaladas atinjam a classificação necessária para reabertura, estabelecida pelo Plano São Paulo do Governo do Estado, e em conformidade com as regulações municipais.

Paralelo à retomada gradual de alguns serviços presenciais, a instituição segue oferecendo um conjunto de iniciativas on-line, que garantem a continuidade de sua ação sociocultural nas diversas áreas em que atua. Pelos canais digitais e redes sociais, o público pode acompanhar o andamento dessas ações e ter acesso a conteúdos exclusivos de forma gratuita e irrestrita. Confira a programação e fique #EmCasaComSesc.

Ler Anterior

Brasil vence Peru com três de Neymar, que agora só marcou menos vezes que Pelé

Ler Próxima

Em SP, uso de ônibus como meio de transporte cai na pandemia