•  quinta-feira, 22 de abril de 2021

Domingo, no Vale Azul, a Guarda Municipal atuou na dispersão, fiscalização e orientação

Com agravamento da situação dos hospitais, fiscalização é intensificada no final de semana

 

Com o aumento de pessoas internadas por casos de COVID-19 nos hospitais da cidade e a necessidade urgente de contenção à circulação de pessoas para evitar o agravamento do cenário pandêmico local, a Prefeitura de Jundiaí intensificou a fiscalização de maneira integrada e multiplataforma para coibir a aglomeração de pessoas e o descumprimento aos regramentos e protocolos sanitários da fase emergencial do Plano São Paulo, conforme o Decreto Municipal Decreto 29.812, de 12 de março de 2021.

No período de sexta-feira (19) até a madrugada de segunda-feira (22), o Centro de Operações Táticas (COT) da Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ) – 153 e 4492-9060 -, atendeu 34 ocorrências de aglomeração de pessoas, em diversos pontos da cidade. No Espaço Vale Azul, no início da noite de domingo (21), foi registrada a maior ocorrência de aglomeração até o momento. Cerca de 300 pessoas estavam no local, sem máscara. No sábado (20), foi encerrado um evento clandestino com aproximadamente 40 pessoas na região do bairro Jundiaí Mirim. Também foram registradas ocorrências em praças, bares, pesqueiros, postos com conveniência. Em todos os locais houve a orientação referente aos regramentos e protocolos sanitários da fase emergencial do Plano São Paulo. Em 10 dias, a GMJ atendeu 138 casos de aglomeração.

“Intensificamos o trabalho, com fiscalização mais rígida no caso de pancadões, eventos e festas. Em todas as ações, sempre orientando sobre a necessidade de respeitar os regramentos. Em relação ao final de semana passado, quando realizamos 48 atendimentos, houve uma diminuição, mas ainda não é o ideal. Estamos vivenciando o pior momento da pandemia, com aumento expressivo de casos, e é fundamental que a população tenha consciência e evite a circulação desnecessária, além de aglomerações. Não podemos voltar a registrar situações como a que ocorreu no Vale Azul”, comenta o comandante da GMJ, Benedito Marcos Moreno.

Desde o dia 12 de março de 2020, início da pandemia de Covid-19, a corporação realizou 1.607 ações, tanto para conter aglomerações como em apoio as equipes da Saúde, fiscalização do comércio e Procon.

Estabelecimentos
A Divisão de Fiscalização do Comércio e do Ambulante (DFCA), entre sexta (19) e sábado (20), realizou 11 averiguações em estabelecimentos comerciais diversos, que resultaram em nove notificações. Não foram emitidas multas, no período. As equipes também orientaram sobre o risco de contágio e da atual fase em que a cidade se encontra do Plano São Paulo.

Ao todo, entre 20 de março de 2020 e 22 de março de 2021, o órgão realizou 1.411 notificações, interditou 62 estabelecimentos e emitiu 194 autos de infração e imposição de multa.

“As equipes seguem fiscalizando e informando sobre o alto risco de contágio. Neste momento, Jundiaí chega próximo da sua capacidade máxima de oferta de leitos hospitalares para o atendimento de pacientes com COVID-19. Portanto, não resta outra alternativa que não a de contenção da circulação para que o vírus pare de se propagar, evitando o agravamento da pandemia na cidade. O Poder Público está fazendo tudo o que está ao seu alcance para evitar o agravamento da situação, mas precisa da colaboração das pessoas. Somos solidários a todos que perderam parentes e amigos e precisamos estancar essas mortes. Estamos atuando para proteger nossa economia e os empregos e vamos achar saídas para os problemas. Mas, chegamos no limite. Aqueles que desrespeitarem o decreto e descumprirem os protocolos sanitários estarão sujeitos à responder por crime contra a saúde pública”, ressalta o gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi.

As denúncias de aglomeração de pessoas e funcionamento irregular do comércio podem ser registradas pelos telefones 153 e 4492-9060 da Guarda Municipal, 156 e pelo APP da Prefeitura.

Ler Anterior

Em crescimento acelerado, COVID-19 alcança jovens e estrangula sistema hospitalar

Ler Próxima

Campanha Permanente segue com arrecadação de doações