•  quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Prefeitura entrega materiais do 3º bimestre e livros para estimular os estudos em Cajamar

Em tempos de pandemia, em função da COVID-19, os alunos deixaram de viver a rotina habitual da escola e passaram a ficar reclusos em casa, em quarentena com a família. Diante disso, além de manter a entrega das apostilas organizadas por bimestre, a Secretaria de Educação, por meio do Sistema Cajamar de Ensino, também preparou uma série de livros didáticos e paradidáticos específicos para cada etapa de ensino, no sentido de favorecer a aprendizagem neste período de aulas remotas.

Para os alunos da Educação Infantil, o material distribuído conta com um livro interativo, com atividades que visam esclarecer às crianças e seus familiares sobre o que é a COVID-19, sintomas, medidas de prevenção e atitudes positivas diante da quarentena, complementado por atividades lúdicas que servem como passatempo familiar (atividades de pintura, jogos manipuláveis, atividades de discriminação visual e auditiva), denominado “Sai pra lá, Seu Coronavírus!”.

Para os alunos do Ensino Fundamental, o material foi nomeado de “Ops, esqueci do Coronavírus”, com atividades variadas (caça-palavras, cruzadinhas, jogos, pinturas), para que, de maneira lúdica, os alunos tenham conhecimento das principais informações sobre a Covid-19, como a definição, sintomas, meios de transmissão, medidas de prevenção e atitudes positivas em relação aos comportamentos da quarentena.

Outra novidade neste 3º Bimestre é a entrega do material “Construindo a Cidadania” para os alunos dos 8º e 9º anos. Este material, com uma linguagem prática e objetiva, tem como intuito orientar o adolescente, oferecendo-lhe indicativos para saber viver de forma consciente, exercendo a cidadania responsável numa sociedade globalizada, participando produtivamente das diferentes relações sociais e percebendo-se como agente transformador. A ideia é envolver o jovem num projeto que fortaleça a autoestima, dando suporte para o crescimento pessoal e social, através de um trabalho conjunto entre escola, família e comunidade.

Os materiais estão sendo distribuídos nas escolas, por meio de um cronograma de entrega definido pelos gestores de cada unidade, evitando aglomerações. A recomendação é que seja retirado pelos pais ou responsáveis, para que as crianças possam continuar com o acompanhamento das aulas remotas em casa.

Ler Anterior

Covid-19: são mais de 100 ligações por dia para monitorar pacientes em Cabreúva

Ler Próxima

Fapesp: Técnica de baixo custo permite ver o novo coronavírus dentro da célula em 3D