•  quinta-feira, 22 de abril de 2021

Modernização da Câmara já está em andamento

Garantir que a população possa ser melhor atendida, de maneira mais ágil e dinâmica, é o principal objetivo do processo de modernização que já teve início na Câmara Municipal. Pelos próximos meses, várias medidas serão implantadas pela Casa.

O presidente Edicarlos Candiani explica que as ações estão sendo implantadas por servidores da Câmara, mais especificamente pelo departamento de Tecnologia da Informação (TI), e que isso, além de não trazer custos para o Legislativo, ainda valoriza os bons profissionais.

Temos um quadro de servidores bastante capacitado e que não mede esforços para garantir o andamento dos serviços e buscar melhorar sempre. Nosso técnico de TI, o Pedro, abraçou o projeto de modernizar a Câmara e está se dedicando com muito empenho”, comentou o presidente. “E modernizar a Câmara é fundamental, para deixá-la mais acessível e dinâmica”, completou.

O servidor Pedro Matai Françoso, responsável pelo departamento de TI da Câmara, avalia que o desafio é grande, mas necessário e que, feito internamente, não só gera economia como também valoriza o patrimônio público.

Quando há a possibilidade de trabalhar com algo que nós mesmos desenvolvemos, sempre é melhor, porque conhecemos todos os detalhes do projeto e vamos sempre buscando melhorá-lo. Desenvolver esse projeto para a Câmara é uma grande responsabilidade, mas algo que também me deixa bastante motivado, saber que estamos realmente trabalhando para que os serviços sejam melhores para todos os cidadãos”, comentou Pedro.

Conheça algumas das modernizações que já estão em andamento

Painel eletrônico – Não haverá custos com compra do painel, já que serão utilizados os aparelhos já disponíveis no plenário da Câmara, que atualmente apenas reproduzem a sessão.

Para a tecnologia de operação de painel (que controla o nome dos vereadores, presença na Casa nas sessões e até os votos nas pautas), o presidente Edicarlos esteve na Câmara de Jundiaí na quarta-feira (27/01), conhecendo o modelo desenvolvido na cidade vizinha, e solicitou uma parceria para que Itupeva possa utilizar o mesmo sistema, disponibilizado com exclusividade e sem custos.

Novo portal – O site oficial da Câmara também vai passar por uma modernização, se tornando mais acessível e intuitivo. Todo o processo também está sendo realizado internamente pelo departamento de TI, o que evita um gasto que poderia ultrapassar R$ 15 mil na confecção do portal, caso fosse necessário contratar uma empresa.

Sistema do Legislativo – A Câmara também opera com vários sistemas integrados para manuseio de informações e documentos e um estudo está sendo realizado para avaliar atualizações e adoção de sistemas que possam ser mais dinâmicos, garantindo mais segurança dos arquivos eletrônicos e agilidade nos processos legislativos, incluindo arquivamento de leis, requerimentos, ofícios e etc.

Ler Anterior

Em defesa dos direitos de crianças e adolescentes, presidente Edicarlos e vereadores buscam mais proximidade com o Conselho Tutelar

Ler Próxima

Viação Itupeva apresenta novos itinerários e responde questionamentos de vereadores