•  quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Unesp participa de nova rodada do projeto Global Conversations

Os estudantes da Universidade Estadual Paulista (Unesp) estão convidados para mais uma rodada do projeto Global Conversations (Conversas Globais), que consiste em sessões de videoconferência organizadas pela DePaul University, dos Estados Unidos, para interação entre estudantes de diferentes instituições de ensino superior ao redor do mundo.

O convite para o evento é uma iniciativa do programa BRaVE, da Unesp, e tem por finalidade promover o compartilhamento de ideias, a comunicação intercultural e a prática do idioma inglês entre estudantes de diferentes nacionalidades.

As inscrições para o projeto “Global Conversations – Part 2”, que ocorre de 22 de setembro a 2 de outubro de 2020, estão abertas – o primeiro evento já ocorre nesta terça-feira (22). Veja as informações relacionadas ao projeto no link: https://offices.depaul.edu/global-engagement/global-depaul/global-fall-depaul/Pages/global-conversations.aspx.

As sessões são limitadas ao máximo de 30 alunos, no sentido de maximizar o tempo de diálogo entre os participantes. Os estudantes que se inscreverem receberão um link do aplicativo Zoom, com informações para fazer o login na sessão. Há três professores da Unesp atuando como mediadores das sessões: Renee Laufer Amorim (FMVZ, campus de Botucatu), Antonio Cesar Germano Martins (ICT, campus de Sorocaba) e Irineu de Brito Junior (ICT, campus de São José dos Campos).

Em maio de 2020, professores e alunos da Unesp participaram do primeiro encontro do projeto Global Conversations em parceria com a De Paul University e outras universidades estrangeiras. O evento online envolveu sessões virtuais sobre uma série de tópicos relacionados à COVID-19, promovendo discussões para troca de informações, conhecimentos e experiências entre estudantes de diferentes partes do mundo mediadas por professores de diferentes instituições de ensino superior.

Sobre o BRaVE

O programa BRaVE é parte de uma estratégia da Unesp para promover a experiência internacional para um maior número de estudantes e a um custo menor, naquilo que é conhecido como “internacionalização em casa”.

Em caso de dúvidas, o interessado pode entrar em contato com a professora Ana Cristina Salomão, coordenadora do BRaVE, pelo e-mail: ana.salomao@unesp.br.

 

Ler Anterior

Estudo com mais de 50 mil voluntários na China mostra segurança da Coronavac

Ler Próxima

Deputados aprovam MP que amplia uso de poupança digital para recebimento de benefícios sociais