•  quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Pequeno Príncipe visita São Paulo

A escritora, ilustradora e psicóloga Christiane Couve de Murville fez uma releitura do clássico de Antoine De Saint-Exupéry: O Pequeno Príncipe visita São Paulo. A coleção de ilustrações, assinadas por Christiane, mostra o personagem em cartões postais como o Mercado Municipal, a Catedral da Sé, o Parque do Ibirapuera, o MASP, entre outros locais conhecidos da capital paulista.

“É um Pequeno Príncipe universal, com características diversas: loiro, moreno, ruivo, cabelos lisos, crespos, cadeirante, cego, criança, adulto”, descreve a escritora. Outros personagens também estão presentes na obra como, por exemplo, o Vaidoso, o Beberrão e a Raposa. Cada imagem acompanha, ainda, uma frase explicativa. O livro infantil foi elaborado para o lançamento do áudio-livro do Pequeno Príncipe pela Tocalivros Studios.

Ficha Técnica
Título: O Pequeno Príncipe visita São Paulo
Autora: Christiane Couve de Murville
Ilustradora: Christiane Couve de Murville
ISBN: 978-85-69022-01-5
Editora: Tocalivros Studios
Formato: 16×23 cm
Páginas: 44
Valor: R$ 20,00 (R$ 25,00 com frete)
Para compra, entrar em contato com a autora pelo site: https://www.cmurville.com.br/

Sobre a autora: Graduada, mestre e doutora em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo, com especialização em psicodrama e orientação profissional, Christiane Isabelle Couve de Murville também é bacharel em Ciência da Computação pela USP. Publicou a trilogia “A Caverna Cristalina”, “A vida como ela é”, “Até quando? O vai e vem” e o “Até quando? A prisão”, além de livros e artigos acadêmicos. Dedicou a sua carreira ao atendimento psicológico individual e grupal de crianças, jovens e adultos, oferecendo oficinas de teatro espontâneo em contextos variados. Morou sempre no Brasil, apesar da dupla nacionalidade, brasileira e francesa. Tem experiência artística em escultura, desenho, pintura e cerâmica e faz as ilustrações de seus livros.

 

Ler Anterior

Acne solar? Sim, ela existe, e você consegue evita-la com tratamento feito em casa

Ler Próxima

Compras de final de ano puxam ruptura que encerra o ano em 10,32%