•  sexta-feira, 14 de junho de 2024

A HISTÓRIA DO BAIÃO DE DOIS

O ‘Baião de Dois’ é um prato típico do Nordeste do Brasil, vindo do Ceará. É um preparado de arroz e feijão, usado prefencialmente o feijão de corda.

O nome “baião” deriva de uma dança típica, um ritmo musical que foi muito difundido por Luiz Gonzaga, que ficou conhecido nacionalmente como “O Rei do Baião”.

O Baião de Dois é um prato completo, ou seja, não precisa de acompanhamento.

Sua história remete aos tempos das grandes dificuldades do povo nordestino com as secas quando a comida era escassa e nada podia se estragar ou desperdiçar. Dessa forma, o povo uniu as sobras da cozinha, arroz e feijão com o pouco que tinha de carne seca e queijo de coalho, surgindo assim esse famoso prato da cozinha nordestina.

Com o passar do tempo as receitas foram sendo adaptadas e diversificadas.

Para fazer a receita podemos usar arroz do dia anterior, fica mais soltinha e deliciosa

 

Ingredientes:

2 xicaras de arroz do dia anterior

2 xicaras de feijão sem muito caldo

1 cebola picada em cubinhos

2 dentes de alho picado em cubinhos

2 colheres de sopa de óleo

1 colher de sopa de manteiga

300 gramas de carne seca desfiada

200 gramas de linguiça (do seu gosto)

200 gramas de queijo coalho em cubinhos

Cheiro verde picado

 

Modo de preparo

Em uma panela rasa ou frigideira grande, coloque o óleo e refogue a cebola o alho a carne seca e a linguiça cortada em gomos, após dourado adicione a manteiga o arroz e o feijão misture bem. Por último coloque o queijo coalho mexa um pouco e salpique o cheiro verde. Pode ser servido na mesma panela do preparo. Bom apetite

 

Leandro Jensen (Mama Gina )

Endereço do Restaurante:

Rua floris rizzotti 222, Itupeva
(11)981760301 – telefone

Ler Anterior

Petrobras reduz preço da gasolina em 4% nas refinarias

Ler Próxima

Copel tem vaga para Auxiliar de Produção e Costureira em Itupeva (16/10/2020)